Equipamentos Topcon agilizam medições no Rodoanel Norte de São Paulo

 

 

Alta precisão e rapidez de escaneamento garantiram resultados positivos no uso de ferramentas para cálculos volumétricos em obra viária de grande porte no Estado de São Paulo.

O Rodoanel Mário Covas é um importante projeto que interliga as principais rodovias do Estado de São Paulo. Com 176,5 km de extensão, tem os trechos leste, oeste e sul finalizados e o trecho norte em fase de conclusão, com 44 km, passando pelos municípios de São Paulo, Arujá e Guarulhos.

Trata-se de uma obra complexa, que exige a atuação de técnicos habilitados e tecnologias modernas para agilizar e garantir a qualidade e a eficiência dos processos. A Seven Topografia, especializada nas áreas de topografia e geomática, foi uma das empresas participantes deste projeto.

Responsável pelas medições volumétricas, por meio de escaneamento dos túneis previstos no trecho, a empresa fez uso de duas tecnologias: o Laser Scanner 3D, modelo GL 2000, e o software TcpScancyr da Aplitop, ambas ferramentas da Topcon, representada no Brasil pela Embratop. As soluções foram adquiridas implementadas no início de 2018.

O sócio proprietário da Seven Topografia, Anderson Carmo Ribeiro, explica que a necessidade era gerar seções para cálculos de volume de material retirado e de concreto aplicado. Para ele, as soluções apresentaram um ótimo desempenho. “Os resultados foram alcançados, com mais precisão em termos de cálculos e com redução de 80% do tempo para a execução da atividade, se comparada às soluções convencionais disponíveis no mercado”, observa.

 

O sucesso da obra foi possível, também, graças à correta operação das soluções. “Recebi toda a orientação sobre a utilização do scanner e do software e fomos acompanhados durante os primeiros dias na obra, o que contribuiu muito para o uso do equipamento”, afirma o sócio da Seven Topografia. “O pós-venda também foi ótimo, bastante significativo. Os profissionais da Embratop foram muito atenciosos”, destaca o executivo.

 

A melhor relação custo-benefício e a maior flexibilidade comercial da Embratop foram fatores fundamentais para a tomada de decisão por parte da Seven diante de marcas concorrentes. “Foi uma experiência bastante positiva, que permite manter esta parceria até hoje”, destaca Ribeiro. “A Seven já adquiriu outras ferramentas da Embratop e eu recomendo os produtos e a empresa”, completa.

 

O Laser Scanner GL -2000 se caracteriza pelas altas velocidade e precisão, pois permite escaneamento de longo alcance e cobertura de – 360° na horizontal e 270° na vertical. É fácil de operar, tem medição automática de altura e display de alta resolução, além de slot para cartão SD e câmera com abertura angular selecionável e telescópica com zoom.

O software TcpScancyr foi especialmente desenvolvido para o cálculo de volume por meio da geração de seções transversais extraídas da nuvem de pontos captados pelo laser scanner. Trata-se de uma aplicação direta em obras de túneis de rodovias e ferrovias e que atendeu, plenamente, com base na nuvem de pontos captados pelo scanner, as necessidades da Seven.

 

 

O cálculo das seções transversais é realizado por meio de interpolação da nuvem de pontos, sem a necessidade de geração de triangulações ou modelo digital de terreno, bastando informar o intervalo de estaqueamento de interesse, o espaçamento entre as estacas e a faixa de nuvem de pontos a considerar na interpolação de cada seção. O resultado pode ser representado tridimensionalmente ou em vista corte. Os respectivos volumes são mostrados em planilhas tradicionais de cubagem e podem ser exportados nos formatos HTML, TXT e MS-Excel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *