Seja Bem-Vindo

Entre ou Cadastre-se

Meus Pedidos

Acompanhe!

Seja Bem-Vindo
Entre ou Cadastre-se

Meus Pedidos

Acompanhe!

Destaques

Semi-Novos

Locação

O que é Georreferenciamento?

O georreferenciamento, no sentido literal da palavra, significa o processo de identificar determinado local com suas respectivas coordenadas geográficas.

Porém, o termo foi comumente reconhecido no Brasil, após a Lei 10.267/01, que criou a certificação do georreferenciamento do imóvel rural em 2001. Adotado pelo INCRA como forma de padronizar a localização e identificação de todas as propriedades rurais do país.

Fonte: https://sigef.incra.gov.br/static/documentos/manual_gestao_%20certif.pdf

O Georreferenciamento de Imóveis Rurais

O Georreferenciamento de Imóveis Rurais foi adotado pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) para padronizar e regulamentar a localização e a identificação de uma propriedade rural.

 

Levantamento topográfico para Georreferenciamento

A obtenção da forma, dimensão e localização do imóvel rural a ser georreferenciado é realizado através de levantamentos topográficos, as formas de levantamento que devem ser utilizadas, têm suas aplicações descritas na Norma Técnica para Georreferenciamento de Imóveis Rurais, criada pelo próprio INCRA.

Fonte:https://sigef.incra.gov.br/static/documentos/norma_tecnica_georreferenciamento_imoveis_rurais_3ed.pdf

A Norma Técnica orienta o profissional que executará o georreferenciamento a se credenciar ao órgão, a identificar o imóvel rural, a como obter as coordenadas de cada um dos vértices que compõem a delimitação do imóvel, com suas respectivas precisões.

Além da Norma, o INCRA disponibiliza o Manual Técnico para Georreferenciamento de Imóveis Rurais, em que descreve os levantamentos topográficos do Georreferenciamento de Imóveis Rurais que pode ser realizado.

Fonte: https://sigef.incra.gov.br/static/documentos/manual_geo_imoveis.pdf

Os métodos descritos no Manual são:

  • Posicionamento GNSS

O Manual aborda apenas os métodos de levantamento GNSS que proporcionam a precisão adequada aos serviços de georreferenciamento de imóveis rurais, dentre eles:

Posicionamento relativo: onde as coordenadas de um vértice são determinadas a partir de um u mais vértices de coordenadas conhecidas, onde se utilizam dois ou mais receptores GNSS;

RTK e DGPS: onde é realizada a transmissão em tempo real de dados de correção dos sinais de satélite do receptor instalado no vértice de referência para o receptor instalado que será posicionado sobre os vértices de interesse.

RTK Convencional: onde os dados de correção do receptor instalado no vértice de referência são enviados via link de rádio UHF para o receptor que percorrerá os vértices de interesse.

RTK em Rede: ode são usadas várias estações de monitoramento contínuo em um servidor central como referência, a partir do qual os dados de correção são distribuídos via internet para o receptor móvel;

Posicionamento por Ponto Preciso (PPP): onde as coordenadas do vértice de interesse são determinadas de forma absoluta, dispensando assim o uso de outro receptor sobre um vértice de coordenadas.

  • Posicionamento por Topografia Clássica

Esse método por ser usado de forma isolada ou em complemento a trabalhos realizados por posicionamento GNSS, por exemplo, onde esse se torna inviável por obstruções aos sinais dos satélites.

Os posicionamentos podem ser executados pelos métodos:

Poligonação: onde são realizadas observações de direções e distâncias entre vértices consecutivos de uma poligonal. No Georreferenciamento de Imóveis Rurais podem ser usados um dos três tipos de poligonais previstos no item 6.5.1 da Norma NBR 13.133/1994 da ABNT;

Triangulação: onde as coordenadas são obtidas pela observação de ângulos formados entre os alinhamentos de vértices intervisíveis de uma rede de triângulos;

Trilateração: onde as coordenadas são obtidas pela observação de distância entre os vértices intervisíveis de uma rede de triângulos;

Triangulateração: onde as coordenadas são obtidas pela observação de ângulos e distâncias entre os vértices intervisíveis de uma rede de triângulos;

Irradiação: onde as coordenadas são obtidas a partir da observação de ângulos e distâncias ou azimutes e distâncias;

Interseção Linear: é realizada a partir da observação das distâncias do ponto de interesse a dois vértices de coordenadas conhecidas;

Interseção Angular: é realizada quando se observa os ângulos entre os alinhamentos formados por dois vértices de coordenadas conhecidas e o vértice de interesse;

Alinhamento: é a determinação de coordenadas de um vértice que se encontra na direção definida por dois outros de coordenadas conhecidas, onde a única observação necessária é a distância de um dos vértices conhecidos até o vértice de interesse.

  • Posicionamento por Geometria Analítica

Fonte: https://sigef.incra.gov.br/static/documentos/manual_geo_imoveis.pdf

É um método que determina a posição do vértice de interesse de forma indireta, onde as coordenadas do vértice são determinadas por cálculos analíticos a partir de vértices determinados de forma direta. Os métodos de posicionamento por Geometria Analítica podem ser por Paralela ou por Interseção de Retas.

  • Posicionamento por Sensoriamento Remoto

Fonte: https://www.dji.com/br/matrice-300?site=enterprise&from=nav

Neste método, as informações geométricas dos elementos físicos são obtidas de forma indireta a partir de sensores orbitais ou aerotransportados, desde que estejam dentro dos critérios de precisão e confiabilidade avaliadas pelo INCRA.

Os métodos de coleta de dados para esse tipo de posicionamento podem ser: Aerofotogrametria, Radar aerotransportado, Laser Scanner aerotransportado e Sensores Orbitais.

Onde cada um dos métodos de posicionamento deve garantir a precisões estabelecida pela Norma para cara tipo de vértice.

Rolar para cima
Precisa de ajuda?