Seja Bem-Vindo

Entre ou Cadastre-se

Meus Pedidos

Acompanhe!

Seja Bem-Vindo
Entre ou Cadastre-se

Meus Pedidos

Acompanhe!

Destaques

Semi-Novos

Locação

Solução híbrida na Topografia

Solução hibrida Topcon

Solução Híbrida

O profissional de topografia da Flórida utiliza solução GNSS/Robótica para reduzir o tamanho da equipe e elevar a produção.

A ideia de alguém iniciar um negócio e transformá-lo em uma empresa gigante faz parte da essência da história de sucesso americana. Afinal, quem não deseja ser o maior, o líder em sua área de atuação, a referência para seus iguais? A resposta para essa pergunta retórica é Jim Cesiro. O proprietário da Atlantic Land Design trabalhou em uma grande empresa de engenharia e, posteriormente, expandiu seu próprio negócio a um tamanho considerável antes que a Grande Recessão trouxesse para ele uma realidade desoladora. Hoje, Cesiro realiza uma operação enxuta com três funcionários e usou a tecnologia para gerenciar uma carga de trabalho que sobrecarregaria muitas outras empresas de topografia com equipes mais numerosas. Um componente dessa mistura de tecnologia – uma solução híbrida de topografia Topcon – transformou este cético de tecnologia em um de seus maiores defensores. Encontrar uma maneira de fazer muito com pouco? Talvez seja a melhor parte da história de sucesso americana.

Pressentiu o Momento

Baseada em Jensen Beach, Flórida, a Atlantic Land Design (ALD) é especializada em levantamentos de lotes e quadras, fornecendo a cartórios, bancos e instituições financeiras a verificação de terras necessária para garantir os títulos. Segundo Cesiro, após dirigir sua própria empresa de topografia por alguns anos, ele trabalhou para o proprietário original da ALD, comprando o negócio após o falecimento prematuro desse proprietário em 2000. Hoje, além dos serviços descritos acima, a empresa também oferece suporte de topografia para vários construtores menores na região.

“Somos pequenos, aqueles que todos na faculdade juram que nunca gostariam de ser, preferindo em vez disso projetos enormes, subdivisões maciças”, disse ele. “E eu tinha aspirações semelhantes no início dos anos 2000, abordando alguns projetos de tamanho considerável. Naquela época, complementávamos o uso de uma estação total com calculadoras HP e depois passamos a usar várias iterações diferentes de computadores de mão – até mesmo equipando uma de nossas equipes com um receptor Topcon HiPer Lite e uma assinatura de rede. Mas nos meses que antecederam a queda do mercado imobiliário, as coisas começaram a desacelerar e alguns funcionários começaram a sair, talvez sentindo o que estava por vir. O colapso real – que atingiu esta área com força – foi difícil; passamos de 25 funcionários para apenas eu. Trabalhei sozinho por um bom tempo, eventualmente deixando de lado o receptor e a assinatura de rede enquanto tentava manter as coisas no lugar.”

A Vida Toma um Rumo

Trabalhando sozinho, Cesiro continuou a depender da estação total, sentindo que uma solução GPS era exagerada para o que ele estava fazendo. Anos depois, um olhar atento por parte de Brent Hays – engenheiro de vendas da Lengemann – e uma rápida reviravolta mudaram tudo isso.

“Foi uma verdadeira sorte”, disse Hays. “Eu estava fazendo treinamento de GPS para outro cliente na rua do escritório de Jim em Jensen Beach. Estava voltando e vi a placa ‘Atlantic Land Design’ e fiquei intrigado. Virei o carro e entrei para me apresentar, e então comecei a mostrar tudo o que uma solução GPS poderia fazer por ele e sua operação; acho que foi uma ótima decisão para ambos.”

Cesiro estaria inclinado a concordar, admitindo que minimizar a necessidade do GNSS provavelmente custou a ele negócios e receita. “Embora eu tenha alguns projetos maiores em andamento, sou geralmente um topógrafo de lote”, disse ele. “Costumava brincar que usar GPS para o meu tipo de trabalho era como levar uma bazuca para caçar coelhos – agora vejo que essa era uma forma tola de pensar. Estou usando meu Topcon HiPer VR há um pouco mais de três anos e ainda estou vendo o potencial que ele oferece. Além de seus óbvios benefícios baseados em produtividade, no momento estou criando mapas GIS – tenho seções inteiras da cidade em CAD. Portanto, se alguém vier até mim dizendo que tem um problema relacionado a levantamentos, tenho todos esses dados disponíveis. Eu gostaria de ter feito isso mais cedo, com certeza.”

O Melhor dos Dois Mundos

Se perceber o potencial do GNSS foi um momento decisivo para Cesiro, o que estava por vir a seguir só poderia ser descrito como o proverbial — muitas vezes clichê — “jogo transformador”. Mais uma vez, o resultado de uma visita de Hays da Lengemann, o proprietário da ALD estava prestes a ganhar o que ele chama meio que brincando de “superpoderes”.

“Tudo começou quando o Brent passou pelo escritório e me pediu para ir até o estacionamento”, disse Cesiro. “Lá, munido de uma estação total robótica usada e do meu receptor HiPer VR, ele me deu uma breve aula sobre o que a tecnologia híbrida poderia fazer por mim. Eu já tinha ouvido falar disso, é claro, mas não achava que seria adequado para uma operação pequena como a minha – eu não poderia estar mais errado. A solução híbrida é talvez a melhor resposta para uma empresa como a minha, que busca maneiras de manter o tamanho e os custos da equipe reduzidos sem sacrificar a produtividade. Fiquei convencido ali mesmo naquele estacionamento e fiz a compra pouco depois.”

Uma solução híbrida, para explicar, é a consolidação da tecnologia GNSS e estação total robótica em um só bastão. O sistema de Posicionamento Híbrido Topcon, que conquistou Cesiro naquela tarde, apresenta um receptor GNSS leve no topo do prisma (neste caso, seu HiPer VR), permitindo que o sistema reencontre o prisma rapidamente, mesmo em condições desafiadoras. Cesiro disse que a alternância perfeita para o GNSS, para lidar com copas de árvores e outras obstruções, seja incrível, é apenas a ponta do iceberg para o que o posicionamento híbrido traz para o seu local de trabalho.

“Em nosso trabalho, estamos sempre lidando com a necessidade de medidas repetitivas”, disse ele. “Com esta solução, posso configurar a estação total robótica, realizar a Localização do receptor GNSS e depois começar a fazer medições. Trabalhando sozinho, consigo fazer de 100 a 200 medições rapidamente – a velocidade é incrível. Nos velhos tempos, se conseguíssemos fazer 150 medições em um dia inteiro de oito horas, achávamos que estávamos indo bem. Agora produzo isso até uma hora antes do almoço. Usando essa tecnologia, não sou apenas uma equipe de um homem, posso realizar coisas que nunca sonhei serem possíveis.”

Simplificando um Ponto

A essa altura, deve estar claro que as necessidades de Cesiro se baseiam em duas coisas: fazer as coisas de maneira eficiente e manter o tamanho da equipe reduzido. Com apenas ele mesmo e outros três funcionários na equipe, ele está terceirizando mais trabalhos do que nunca, o que significa que a segunda parte dessa equação depende muito da primeira.

Cesiro disse que um dos primeiros trabalhos que ele agendou depois de adquirir a solução híbrida veio de um agente do cartório que o solicitou um levantamento de três hectares, à beira do rio – e fazê-lo rapidamente.

“Essa propriedade consistia em uma casa e cercas com uma área arborizada que fica de frente para o rio e se estende até a ferrovia”, disse ele. “Chegando ao local, eu sabia que o GNSS sozinho não funcionaria, então montei a estação total robótica sob a copa das árvores, fiquei em local aberto, realizei a Localização e deixei-o fazer o seu trabalho. Consegui pegar os cantos da frente e, em seguida, me desconectei da estação, voltei para o GNSS realizei os cálculos dos cantos da parte de trás. Isso me deixou a cerca de um metro de onde eu achava que estavam, e o detector de metais fez o resto.”

Voltando para a frente da propriedade, Cesiro locou a casa, a garagem separada, a entrada da garagem, etc., depois voltou à operação híbrida, montou a estação robótica na melhor posição para permitir que ele visse tudo, realizou a Localização mais uma vez e… foi surpreendido novamente.

“Isso foi uma das coisas mais impressionantes que descobri – além das vantagens da solução híbrida, também consegui fazer medições sem o prisma”, disse ele. “Então, peguei a mira e comecei a medir tudo o que conseguia ver com ela. E, tão rapidamente quanto eu conseguia medir, ela coletava tudo nas coordenadas do plano UTM, como se estivesse usando GNSS. Voltei ao escritório, baixei tudo para o CAD e abri os pontos. Foi um fluxo de trabalho perfeito; tudo se encaixou maravilhosamente. Entreguei o que o cliente precisava dentro do prazo e fiz tudo sozinho.”

Notícia traduzida: https://www.topconpositioning.com/insights/surveyings-hybrid-vehicle

Rolar para cima
Precisa de ajuda?